Porto Historical Houses

Cristãos novos

Os cristãos-novos tiveram a sua origem no período inquisitorial. A Inquisição foi fortemente marcada por uma perseguição religiosa dos judeus na Península Ibérica, iniciada em Espanha, em 1492, e que chegou a Portugal 4 anos depois, em 1496, onde apenas teve o seu termo em 1821. Por outras palavras, durante cerca de 300 anos, os judeus que habitavam a região foram alvo de perseguição religiosa. O povo judeu foi perseguido, cruelmente torturado e morto, face ao que apenas possuía três opções: a fuga (nem todos conseguiam), a conversão ou a morte.

 

Aqueles que foram cruelmente obrigados a se converterem são hoje em dia chamados de cristãos-novos ou conversos, e as pessoas que possuem uma consciência de pertença ancestral ao judaísmo, tendo hoje em dia retomado a fé judaica, denominam-se Bnei Anussim. Existem estudos que indicam que os judeus eram 15% da totalidade da população portuguesa. Na sequência das ações coloniais, a maioria desses cristãos-novos foi enviada para o território que atualmente constitui o Brasil, existindo uma estimativa de que cerca de 30 milhões de brasileiros podem ter essa origem. Apenas para ter uma ideia, sobrenomes como Oliveira, Pereira, Mendes, Costa, Correia, Fernandes, Rodrigues, Tavares, Santos, Silva, Fogaça, Cardozo, Nunes, Fonseca e muitos outros são comuns entre os cristãos-novos e se você ou alguém de sua família tiver algum destes sobrenomes, é possível que sua família possua origem judaica, sendo automaticamente elegível para a nacionalidade portuguesa.

Picturesque City Walks

Adicionalmente, no que diz respeito ao direito à cidadania, a lei portuguesa é clara quando a assegura a todo e qualquer descendente de judeu sefardita da altura da Inquisição, quer este se tenha convertido ao cristianismo ou conseguido fugir (normalmente para o Norte da África). A prova de pertencer a uma família convertida à data ao cristianismo poderá não parecer tarefa fácil. No entanto, nós, no Clube do Passaporte, pensamos em uma forma especial de o ajudar, descendente de judeu perseguido, a saber se tem direito à nacionalidade portuguesa e europeia!

Processo passo a passo para obter a nacionalidade portuguesa:

1º Passo – Estudo genealógico:

O primeiro passo a dar no sentido de obter a nacionalidade portuguesa pela via sefardita consiste em identificar seu antepassado ou antepassados sefarditas. Contamos com uma equipe de especialistas, tanto no Brasil como em Portugal, cuja função é realizar estudos genealógicos de grande rigor e detalhe, chegando a até dezenas de gerações atrás e assim identificando a presença de um sefardita de Portugal ou Espanha entre seus antepassados familiares.

 

2º Passo – Certificação por comunidade judaica portuguesa:

A lei da nacionalidade portuguesa pela via sefardita impõe a necessidade de certificação da existência de antepassados pertencentes à comunidade judaica em Portugal. Existem duas comunidades autorizadas pelo governo português a realizar este procedimento: a Comunidade Israelita do Porto e a Comunidade Israelita de Lisboa. Após a apresentação de um estudo detalhado por parte da equipe de genealogia do Clube do Passaporte, é necessária a emissão de um certificado atestando sua pertença a uma comunidade sefardita de origem portuguesa, por parte de uma das duas comunidades judaicas anteriormente referidas. Nós tratamos da submissão dentro da estrutura imposta por estas comunidades judaicas, que nos emitem sua aprovação oficial.

 

Isso leva-nos ao último passo:

 

3º Passo: Conservatória

Uma vez aprovado pela comunidade judaica, o certificado é apresentado, juntamente com outros documentos necessários (como documento de identificação pessoal, passaporte, etc.) a, pelo menos, uma conservatória do Instituto dos Registos e Notariado (IRN) de Portugal. Estas conservatórias certificam a autenticidade da documentação e que você é elegível para a naturalização por esta via, que realizam em seguida.

Verifique sua elegibilidade com a nossa equipe especializada do Clube do Passaporte!

 

BR | 11-992749723

IL | 972-073-7258589

© 2018 Portuguese Passport Club

  • Instagram
919df067a8fbd22ce7b6f401b7688b35.png